Open

          

Clique, Acesse e Curta!

 

Aproveite e envie-nos uma mensagem!

29/12/2013: 1º Domingo depois do Natal


Mt 2, 13-15.19-23

“Do Egito Chamei o Meu Filho”

 Na Igreja Católica, no primeiro Domingo depois do Natal é celebrada a Festa da Sagrada Família. Os textos dos evangelhos usados sempre fazem referência a Maria, José e Jesus; mas devemos lembrar que o Evangelho visa primeiramente ensinar algo sobre Jesus, a sua missão e as conseqüências para os seus discípulos - nós.

O relato de Mateus é conhecido como a história da “fuga ao Egito”. Como com todos os relatos da infância, tanto em Mateus como em Lucas (Marcos e João não os têm), devemos situá-lo no contexto da comunidade para qual foi escrito. Para compreender bem Mateus é necessário lembrar que ele estava escrevendo pelo ano 85 para uma comunidade basicamente judeu-cristã, sofrendo perseguição nas mãos do judaísmo rabínico formativo, que estava expulsando os cristãos da sinagoga. Por isso, Mateus sempre faz releitura do Antigo Testamento, aplicando as suas imagens à vida e à missão de Jesus. Assim, o sonho de José relembra os sonhos de Abimelec (Gn 20, 3-7) de Laban (Gn 31, 24) e especialmente de Jacó na noite da sua partida para o Egito (Gn 46, 2-4). A fuga da Sagrada Família recorda outras fugas de pessoas escolhidas por Deus, como Jacó (Gn 27, 43-45), Lot (Gn 19, 15), Moisés (Ex 2, 15) e especialmente Jeroboão (I Rs 11,40).

Os perseguidores da comunidade mateana apelavam à autoridade de Moisés; e, por isso, Mateus sempre procura mostrar que Jesus é o “Novo Moisés” - mas maior do que este. Enquanto em Lucas os pais levam Jesus tranqüilamente para o Templo, em Mateus eles têm que fugir para o Egito para escapar da ameaça do Rei maléfico, Herodes. Assim, Jesus refaz a experiência de Moisés, que foi ameaçado logo após o nascimento pelo Faraó, e de novo como jovem teve que fugir para escapar da sua ira. Voltando do Egito, Jesus refaz o percurso do Êxodo do seu povo - Mateus assim mostra que é em Jesus que acontece a verdadeira e definitiva caminhada da opressão para a libertação, a libertação definitiva que nos vem através da salvação realizada em Jesus.

Este fato de que Jesus realiza o Êxodo definitivo, é sublinhado pelo uso do texto de Oséias, 11,1. Na profecia original, o “Filho” era o próprio povo de Israel. Aqui Mateus aplica o termo a Jesus como indivíduo, pois ele representa o início da restauração de todo Israel. A fuga e a volta constituem o Novo Êxodo, com um novo e maior Moisés – Jesus.

No que se refere à família moderna, podemos ver como a família de Nazaré pôs-se no seguimento da vontade de Deus. Sendo pessoas “justas”, José e Maria não hesitam, mas colocam as suas vidas a serviço da vontade divina de realizar a salvação de Jesus. Era uma família tipicamente judaica - com a sua fé alimentada pela espiritualidade dos “anawim”, ou dos “pobres de Javé”, tão bem expressada pelos profetas Segundo-Isaías, Sofonias e Segundo-Zacarias, entre outros. Foi no seio dessa família, com essa espiritualidade, que Jesus descobriu a sua identidade, a sua fé e a sua missão. Que a celebração desta festa anime todas as famílias cristãs, num mundo onde a vida familiar é desprezada e até atacada, a fortalecer a sua vivência da fé, criando laços de amor e doação, baseando-se nos valores evangélicos de solidariedade, justiça e partilha. Num mundo da idolatria do consumo, do “ter” e do “poder”, a nossa vivência familiar é instrumento valioso na realização permanente do processo do Êxodo em nossas vidas hoje!

Visite nosso Ambiente Virtual de Aprendizagem

Cursos Livres Online de Formação & Capacitação em diversas áreas do conhecimento Religioso:

Teologia - Filosofia - Cristologia - Mariologia - Liturgia. Formação e Capacitação de Ministros Extraordinários, e muito mais...

Informamos a todos que nos visitam que, em breve, estaremos disponibilizando diversos Cursos Livres Online (EaD) de Formação e Capacitação em diversos níveis do Conhecimento: Religião, História, Filosofia, Teologia etc. Em Ambiente Virtual de Aprendizagem onde se poderá navegar por vários cursos com aulas, carinhosamente, elaboradas e preparadas por uma equipe de Professores, Teólogos, Historiadores e Mestres nas áreas de todos os campos do conhecimento que aqui se propõe ensinar.

Portanto, aguarde, pois, em breve as matrículas estarão abertas. Não perca esta oportunidade de aprimorar seus conhecimentos no campo da religião. Curso para Ministros Extraordinários: Palavra e Eucaristia, Acólitos, (Coroinhas), Formação de Catequistas, Formação Litúrgica e muito mais.Com direito a Certificado e tudo mais. Aguardem! e, para mais informações , por favor, entre em contato: cursosfeevida@gmail.com  Clique aqui e saiba mais, ou, se preferir obter mais informações, por favorClique aqui.

 

Visite Nossa Loja Virtual

            

top